Feira de Santana recebe mudas arbóreas nativas para plantio na Lagoa Grande

normal_14746548641A Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) realizaram no dia 21/09, a doação de 300 mudas arbóreas nativas e acompanhou o plantio realizado por cerca de 150 estudantes da rede pública de educação no entorno da Lagoa Grande no município de Feira de Santana. A ação compreende o Projeto de Revitalização e Requalificação da Lagoa Grande de Feira de Santana, desenvolvido pelo Governo do Estado através da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).

Para a coordenadora de Programas e Projetos de Biodiversidade e Florestas da Sema, Luciana Santa Rita, a ação é importante não apenas para a revitalização da Lagoa, como um local de lazer e práticas acadêmicas, mas também no sentido de apropriação dos estudantes e moradores do entorno desse importante serviço ambiental. “A proposta é que os estudantes façam parte de todo processo, não somente do plantio, mas da manutenção das mudas, para o sucesso da restauração. Os estudantes estavam entusiasmados em saber que poderão dizer que as árvores que ali crescerão foram plantadas por eles mesmos, num interessante processo de pertencimento e interação com o meio ambiente.

O objetivo da ação foi promover a conscientização ambiental entre os estudantes e chamar a atenção de crianças e adolescentes para a importância dessa obra para a cidade. Foram plantadas no entorno da lagoa mudas de espécies como Jacarandá, Aroeira, Jatobá, Pau -ferro, Jurema, Pau-Brasil, Ipês, etc, entre outras árvores típicas da região.

Mais de 90% da obra de requalificação da Lagoa Grande está concluída. Dentro de pouco tempo, o Governo entregará a maior obra de urbanização já realizada na história de Feira de Santana. A lagoa, que deverá ser o mais novo e principal cartão postal da cidade, contará com toda a infraestrutura, requalificação urbana, pavimentação, drenagem, melhorias habitacionais e unidades sanitárias.

A Lagoa Grande foi responsável pelo abastecimento de água da cidade entre 1957 e início dos anos 70, sendo uma referência em Feira de Santana. O investimento total da obra é na ordem de R$ 65 milhões. A Lagoa conta com cerca de 2,3 quilômetros de pistas de ciclismo e de cooper, equipamentos de lazer, interligação entre diversos bairros e também um moderno sistema de saneamento, que atende a mais de sete mil famílias.

 

Fonte: Secretaria do Meio Ambiente – SEMA/BA.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.