Isto é o que (ainda) resta de natureza intocada no mundo

Bilhões de anos se passaram, incontáveis espécies surgiram e desapareceram, mas bastou apenas uma para colocar em risco toda a história evolutiva da Terra ao espalhar a destruição e degradação do meio ambiente.

Apesar dos esforços de conservação e proteção ambiental nas últimas décadas, menos de um terço das áreas terrestres do Planeta permanecem selvagens, sem impacto de atividades humanas, e esses remanescentes natureza estão sob risco crescente.

O alerta vem de um artigo da Universidade de Queensland, na Austrália, e da organização não-governamental norte-americana Wildlife Conservation Society (WCS) publicado na semana passada na revista Nature. 

Entre 1993 e 2009, uma área florestada maior que a Índia — impressionantes 3,3 milhões de quilômetros quadrados — foi perdida para a expansão de cidades, agropecuária, mineração e outras pressões associadas a atividades humanas. No oceano, áreas livres de pesca industrial, poluição e navegação estão quase completamente confinadas às regiões polares.

(Revista EXAME -5.11.2018)

Deixe uma resposta