NOBECA

NOBECA

O Governo Federal, com a intenção de reunir e acompanhar informações e indicadores sobre as políticas públicas focadas na redução da violência contra a criança e o adolescente, institucionalizou o Observatório Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente como um Projeto da Agenda Social dessa população, criado pelo Decreto Presidencial nº 6.230 em 11 de outubro de 2007. Metodologicamente é uma plataforma de articulação intersetorial, com respaldo técnico para mobilizar atores sociais estratégicos envolvidos na promoção, defesa e garantia dos direitos da criança e do adolescente no Brasil, bem como uma porta de entrada para fortalecimento da participação cidadã e do protagonismo de adolescentes e instituições (dentre elas, as universidades), junto aos espaços de discussão, elaboração, decisão, monitoramento e gestão de políticas públicas focadas na infância e adolescência. (BRASIL, 2010).

As Universidades Estaduais e Municipais foram escolhidas, estrategicamente, para iniciarem a cartografia das boas práticas circundantes e alimentar com informações o Núcleo do Observatório Nacional. Assim, a Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC foi eleita para, neste momento, representar a Bahia de modo a mapear suas boas práticas e promover internamente estratégias que superem a compartimentação disciplinar, para abordar e investigar problemas, realizando uma conexão do conhecimento, a partir de um foco relevante para a mudança na sociedade, capturadas da realidade, criando novas formas de pensar para assegurar a melhoria do bem-viver de todos que nos cercam e aos quais somos integrados e responsáveis.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.