Pesquisadores descobrem 40 novas espécies na Amazônia

7dc1fe9a-f151-4f10-a665-29608faabceb
Ao todo, 70 pesquisadores passaram 25 dias na região.

Expedição na Serra da Mocidade (RR) se concentrou em área montanhosa de difícil acesso.

Durante a expedição no Parque Nacional da Serra da Mocidade (RR), biólogos do Instituto Chico Mendes (ICMBio) catalogaram 40 novas espécies de plantas e animais. Cerca de 70 profissionais participaram do projeto e passaram 25 dias em trabalho de campo.

Ao fim da viagem, os especialistas iniciaram a análise do material coletado, que contempla diversos grupos representativos: plantas, fungos, invertebrados (terrestres e aquáticos), mamíferos, peixes, répteis, anfíbios e aves, além de uma análise da geologia local.

Diante do volume de conhecimento científico gerado, será produzido um documentário sobre a expedição, que deve ser lançado ainda este ano.

De acordo com o ornitólogo Mario Cohn-Haft, idealizador e coordenador da iniciativa, o mais fascinante foi poder comprovar o potencial de ocorrência de novas espécies de plantas e animais, devido ao grau de isolamento e ao relevo da área (serra alta cercada de terras baixas).

“A grande felicidade da expedição foi achar espécies típicas da serra, que são totalmente diferentes daquilo que se encontra na baixada amazônica”, destacou Cohn-Haft. Ele lembrou que foram montados acampamentos entre 600 e 1.400 metros de altitude. A subida só foi possível com o auxílio de um helicóptero do Exército. “A comparação entre esses dois pontos é muito interessante para entendermos o efeito da altitude na biota”, destaca o pesquisador.

Oficina

A expedição ocorreu entre janeiro e fevereiro deste ano em áreas montanhosas da Amazônia e ampliou o conhecimento sobre a região, que são as mais inacessíveis e menos pesquisadas em todo o bioma.

Para apresentar os resultados da expedição, o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), com apoio do ICMBio e do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA), realiza uma oficina de consolidação de resultados nos dias 27 e 28 de setembro, no auditório da Pós-Graduação em Ecologia (Campus III, INPA-V8), em Manaus.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Instituto Chico Mendes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.