Projeto pioneiro vincula nascimento de bebês a plantio de árvores

O Projeto Sementes da Vida, criado pelo Programa Corregedoria Mais Verde, está sendo adotado em maternidades de Manaus (AM)

 

O programa Revista Amazônia desta quinta-feira (20) fala sobre o projeto “Sementes da Vida“, criado pelo Programa Corregedoria Mais Verde, idealizado pela Corregedoria Geral de Justiça do Estado do Amazonas. Com o objetivo de plantar uma árvore para cada récem-nascido, o projeto chamou atenção dos nossos ouvintes. Por isso, convidamos o desembargador Aristóteles Thury para explicar como essa iniciativa têm funcionado na prática.

Cada recém-nascido recebe a sua certidão de nascimento e um certificado de plantio de uma muda de árvore. A primeira maternidade a ser incluída no projeto é a Moura Tapajós. O programa está sendo estendido a outras unidades.

Ele também informa que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) recomenda a criação de projetos socioambientais e que a expectativa é plantar, neste primeiro ano do projeto, 10 mil mudas de árvores em Manaus.

Ouça a entrevista completa no player acima.

O Revista Amazônia vai ao ar, sábado, às 6h, pela Rádio Nacional do Alto Solimões e às 8h, pela Rádio Nacional da Amazônia.

 

Fonte: EBC.

Imagens: Mutirão de plantio de mudas na nascente do Rio Carioca, por Fernando Frazão/Agência Brasil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.