Simpósio internacional sobre tráfico de pessoas

Do Portal CNJ.

297526_503595793046519_754585023_n

Estão abertas as inscrições para a 3ª edição do Simpósio Internacional para o Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que ocorrerá nos dias 20 e 21 de junho, no auditório do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (MS). Cerca de 250 pessoas são aguardadas no encontro que pretende dar continuidade ao trabalho de conscientização de agentes e autoridades envolvidos no combate a esse tipo de crime.

Entre 2005 e 2011, o tráfico de pessoas fez 475 vítimas no Brasil, segundo o Ministério da Justiça. A intenção do CNJ é aumentar a conscientização dos operadores de Direito e daquelas pessoas que lidam diretamente com as vítimas do tráfico humano para que o crime possa ser detectado e punido com o rigor necessário.

“É importante que policiais, promotores, juízes, médicos e assistentes sociais entendam como se dá esse crime e que os agentes legais apliquem corretamente a lei. Se os casos não são avaliados e detectados corretamente não são punidos de forma adequada. E, hoje, em relação ao tráfico de pessoas, esses são os principais problemas que enfrentamos: o desconhecimento e a impunidade”, afirmou o juiz do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) Rinaldo Barros, coordenador científico do III Simpósio Internacional.

O III Simpósio tem como público-alvo magistrados, conselheiros tutelares, integrantes dos Comitês Estaduais de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, Polícias Federal, Civil, Militar e Rodoviária Federal, além de membros de toda a rede de repressão ao crime e atendimento às vítimas. Os participantes receberão certificados produzidos pela Escola Judicial do Estado de Mato Grosso do SUL (Ejud-MS).

Maiores informações sobre o Simpósio poderão ser obtidas no Portal do Conselho Nacional de Justiça, clicando aqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.